Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Não há coincidências

por Sophia Caetano Martin, em 09.12.15

Sampaio da Nóvoa diz que o apoio do PS não é essencial à sua candidatura, que esta é independente daquele, mas acho que a escolha da gravata não foi mera coincidência.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A pergunta que se impõe

por Sophia Caetano Martin, em 10.11.15

O que fará Cavaco?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Hoje foi um dia histórico...

por Sophia Caetano Martin, em 10.11.15

... sobre isso não há dúvidas. Não vou alongar-me com argumentos a fundamentar uma visão positiva ou negativa sobre os factos. Há quem o faça muito melhor do que eu.

Expresso apenas um desejo: que o dia de hoje não seja daqui a muitos anos recordado como o início do fim.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pior cego....

por Sophia Caetano Martin, em 06.11.15

"Francisco Assis representa-se a si próprio, e é muito" - António Costa

Autoria e outros dados (tags, etc)

Poço dos desejos

por Sophia Caetano Martin, em 23.10.15

Gostava de acreditar que, no Largo do Rato, há quem se destancie do egocentrismo do Dr. António Costa e responsavelmente faça mais do que cochichar nos corredores.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Marcelo candidata-se

por Sophia Caetano Martin, em 09.10.15

O facto de apenas ter avançado depois de muitas sondagens indicarem que possivelmente ganha na primeira volta poderá tirar algum brilhantismo ao anúncio da candidatura.

 

No entanto, não posso deixar de pensar que finalmente teremos um Presidente da República que exerça todos os poderes/funções que lhe são constitucionalmente atribuídos, em vez de um mero observador.

Autoria e outros dados (tags, etc)

PS

por Sophia Caetano Martin, em 30.05.14

 

 

No Largo do Rato só falta um cartaz com a imagem de António Costa saindo da bruma, tipo D. Sebastião, herói perdido e agora regressado. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Acho que chegámos a este ponto:

por Sophia Caetano Martin, em 18.10.13

Autoria e outros dados (tags, etc)

Já cá faltava esta...

por Sophia Caetano Martin, em 12.07.13

Num País pequeno como nosso que hoje em dia se encontra completamente dependente de financiamento externo, em que as regras orçamentais e fiscais são ditadas por terceiros (porque, convenhamos, nos foi passado um atestado de incompetência para nos autogovernarmos), ainda temos políticos que acham que esta é a melhor altura para jogadas arriscadas e para cantarem de galo.

 

Paulo Portas, Pedro Passos Coelho e Cavaco Silva estão certamente crentes que, independentemente das suas actuações, Portugal há-de, por milagre, salvar-se. Só pode ser isso. As respectivas actuações só podem derivar de uma crença profunda de que um milagre vai surgir. Sempre fomos um povo dado ao sebastianismo… mas acreditem, não há bruma que nos salve dos vencimentos das nossas dívidas.

 

E no meio disto tudo, quando Portugal inteiro já tem o triplo de cabelos brancos com as preocupações resultantes das actuações daqueles 3 e dos inconsequentes que os precederam (não é preciso lembrar quem nos colocou no buraco), a contar os tostões que sobram no bolso, com apelos públicos à revolta, eis que a presidente da Assembleia da República tem a infelicidade de sugerir que se pense na hipótese de fechar o acesso ao público às galerias da sala do plenário...

 

Mas será que anda tudo a brincar?! Será que ainda não perceberam que os portugueses podem ser pacíficos, mas que todo o ser humano e toda a sociedade tem limites?!

 

Está na altura destes senhores todos que se dizem nossos governantes perceberem que ocupam um cargo, com funções essenciais à continuidade do País que têm de ser exercidas com transparência, seriedade, honestidade e sentido de Estado.

 

Caso contrário, temo que o rastilho acabe e a bomba expluda e acabemos com verdadeiras batalhas de rua entre polícias renitentes em cumprir ordens e manifestantes que sentem não ter mais nada a perder.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desabafo de grávida

por Sophia Caetano Martin, em 07.02.13
É triste apercebermo-nos que os factores que mais pesam nas decisões sobre planeamento familiar dos jovens casais portugueses sejam a crise, o orçamento de estado e o memorando da troika...

Autoria e outros dados (tags, etc)


"Aqui importa-se tudo. Leis, ideias, filosofias, teorias, assuntos, estéticas, ciências, estilo, modas, maneiras, pilhérias, tudo vem em caixotes pelo paquete. A civilização custa-nos caríssimo, com os direitos de Alfândega: e é em segunda mão, não foi feita para nós, fica-nos curta nas mangas..."
Eça de Queiroz, in Os Maias




Comentários recentes

  • Swonkie

    Olá :) Enviamos um convite para o teu email. Caso ...

  • silva

    Como é possivel não cair! Se a corrupção que segun...

  • silva

    Como é possivel não cair! Se a corrupção que segun...

  • batidasfotograficas

    Para terem mais tempo para a família! Seria bom qu...

  • Tiago Sunzu

    Obrigado pelo seu comentário construtivo e com tan...




Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D






+18314 até 8.8.11 no Blogspot

subscrever feeds