Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Os erros do governo do PS

por Francisco Beirão Belo, em 15.01.16

O meu artigo de hoje no Económico sobre as medidas que o governo de António Costa está a tomar, tais como as 35 horas de trabalho semanal, e o impacto no orçamento geral do estado e na competitividade da economia portuguesa.

 

Em pouco mais de um mês, o governo de Costa está a desfazer o que foi feito nos últimos quatro anos, devido a um radicalismo político e programático.

O mais grave é que estas medidas têm sido feitas sem uma efectiva avaliação. Além de terem forte impacto orçamental, demonstram uma constante cedência a corporações.

A reposição do trabalho semanal na administração pública para 35 horas significa uma redução superior a 10% e é impossível
que não implique gastos públicos adicionais, seja em mais funcionários ou horas extraordinárias. Caso contrário haverá uma degradação dos serviços públicos.

Adicionalmente, esta reposição irá reintroduzir uma nova desigualdade entre o público e o privado, que levará a novas lutas sindicais para que esta medida seja também implementada no sector privado, com impacto negativo na competitividade da economia. O PS aceita a redução do horário de trabalho na função pública, mas só se tiver custo nulo. Já o PCP e o BE querem alargar a redução do horário semanal de trabalho ao sector privado.

Os parceiros que suportam o Governo PS tudo irão fazer para implementar as 35 horas de trabalho semanal no público e no privado, levando ao aumento da despesa pública e à degradação da competitividade da economia.

Assim, caminhamos a passos largos para uma nova bancarrota.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Costa refém do PCP

por Francisco Beirão Belo, em 10.12.15

O meu artigo de hoje no Ecónomico sobre o governo de António Costa estar refém do PCP.

 

O PCP continua a ser aquilo que sempre foi, um partido comunista. E como verdadeiros comunistas, entende que os meios justificam os fins. Foi hábil a chegar a um compromisso com o PS para viabilizar um governo de esquerda, mas recusou assinar um acordo conjunto com o PS, BE e PEV, e mesmo a ir para o governo de António Costa.

Deste modo, consegue estar com um pé dentro e outro fora do governo para obter dividendos. Dentro, consegue pressionar e influenciar o PS a introduzir alterações legislativas que interessam ao PCP e às suas ramificações. Fora, através do seu "braço armado", a CGTP, consegue aumentar ainda mais a pressão com greves ou ameaças de greves, e manifestações de rua.

Assim, António Costa está refém do PCP. E a greve dos transportes marcada, a do Metro de Lisboa foi entretanto desmarcada, é apenas um clássico exemplo desta situação.

O que verdadeiramente deveria preocupar os portugueses é o que o governo de Costa teve de ceder para que a greve fosse desmarcada. E em que mais irá ceder e qual a factura a pagar para que o PCP viabilize o próximo Orçamento do Estado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Fenprof a legislar

por Francisco Beirão Belo, em 30.11.15

Por iniciativa do Fenprof PCP com o apoio do BE e os votos a favor do PS foi aprovado no parlamento o fim dos exames do 4º ano.

 

A leviandade com que se aprova uma medida da importância dos exames do 4º ano sem nenhum debate, sem uma discussão pública e sem existir uma avaliação do impacto que os exames tiveram na política da educação é assustador.

A única explicação é a total cedência do PS e do governo de António Costa aos interesses corporativos da Fenprof PCP. Isto porque o PS no seu programa de governo admitia “reavaliar a realização de exames nos primeiros anos de escolaridade”. Como esta reavaliação não aconteceu, apenas podemos entender que tudo o que seja medidas não previstas nas posições conjuntas serão tomadas pelo PCP ou pelo BE de acordo com os seus interesses...

 

Convêm também não esquecer que um dos papeis (importantes) que os exames do 4º ano desempenhava era a possibilidade de avaliar as escolas, e assim poder fazer rankings, identificar quais as mais problemáticas e assim poder contribuir pararesolver os problemas de modo a que os alunos tenham um melhor sistema de educação público. Neste momento, esta ferramenta morreu e não existe outra alternativa. 

 

Já agora seria interessante saber o que pensa o ministro da educação sobre este tema. Ou será que a posição dele é irrelevante?

Autoria e outros dados (tags, etc)

40 anos depois

por João Monge de Gouveia, em 24.11.15

40 anos depois do 25 de Novembro a esquerda consegue subir ao poder com um governo não democraticamente eleito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ditadorzecos

por João Monge de Gouveia, em 20.11.15

Que o PCP e o BE apoiam regimes de ditadura de esquerda, já eu sabia. Que gostariam de fazer o mesmo em Portugal, também.

Nunca pensei foi que o PS chegasse a tal nível.

Depois de Mário Soares (goste-se ou não dele) ter apoiado a democracia. Depois do PS ter apoiado o 25 de Novembro, foi preciso chegar o Costa e a sua pandilha (que por acaso alguns são os mesmos de Sócrates) para que se desse esta vergonha.

E pior!

Que Costa era uma pessoa pouco corajosa já todos sabíamos, Que o PS se tinha tornado num partido igual ao seu líder é que não!

Como o poder é mais importante que os ideais e pelos vistos que a Democracia, o PS decidiu faltar à reunião do Grupo de Trabalho para definir uma eventual comemoração dos 40 anos de 25 de Novembro, depois de ter assumido (tal como o BE e o PCP) que estariam presentes.

Todo este comportamento é uma falta de respeito e de responsabilidade e só demonstra a pouca seriedade que nesta altura afecta alguma esquerda (quero acreditar que não é toda) em Portugal!

Falta de respeito para com os seus colegas deputados, para com o presidente da AR (que nem se importou muito com isso, mas deste senhor presidente tudo se espera) e principalmente com os Portugueses!

Fiquei surpreendido, mas não devia porque quem faz o que Costa, este PS, o PCP e o BE fizeram (e o PAN) já deve esperar tudo!

Não nos admiremos quando retirarem o verde, o amarelo, o azul, o branco da nossa bandeira e substituírem a esfera pela foice, o martelo e uma estrela.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Petição

por João Monge de Gouveia, em 13.11.15

Chegou ao meu email hoje um convite para assinar uma petição para que Cavaco não dê posse ao governo de PS, BE e PCP.

Embora, como é publico e notório, não concorde com um governo formado por estes partidos, sobretudo quando nenhum deles ganhou as eleições, não concordo também com a petição e não concordo que Cavaco não dê posse a tal governo. e porquê?

Para começar porque se Costa apresentar a cavaco um acordo e se assumir que esse acordo é para quatro anos, Cavaco não terá outra hipótese.

Depois porque não dar posse a este governo iria criar o "síndrome do Sportinguista" (piadinha claro), isto é a vitimização, porque Cavaco é mau, porque não nos deixou governar, porque tínhamos uma alternativa credível e séria, porque íamos fazer história.

Ainda porque convocar eleições agora corríamos o risco do PS descer nas intenções de votos, o BE subir, o PCP manter-se, a coligação subir, mas não ter a maioria absoluta.

Por fim, porque dar posse a Costa, mesmo sabendo que muito provavelmente o governo não dura um ano - sob pena de não haver festa do avante (de quem é que os comunistas iam dizer mal) -  é fazer com que haja eleições logo depois do verão, ou até antes. com todo o mal que traz a Portugal e aos Portugueses mas é ter a certeza de que daqui a menos de um ano temos um governo sério, credível e com uma maioria absoluta, portanto estável.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Os dois últimos dias

por João Monge de Gouveia, em 10.11.15

Estive na Assembleia da República e cheguei a tempo de ouvir o último discurso do Primeiro- Ministro do XX Governo Constitucional. E que grande discurso, pleno de razão.

Aliás, já ontem coloquei aqui um vídeo onde Passos Coelho respondia a um deputado do PS, que ficou boquiaberto com a tamanha resposta que levou.

Curioso foi ver a cara do Costa, que ontem, não por questões de estratégias, mas quanto a mim por cobardia politica não quis sequer falar.

Só hoje falou, quando sabia, que ninguém lhe podia responder.

Costa não merece ser primeiro ministro.

Os Portugueses não o merecem ter como Primeiro Ministro.

Costa não se preocupa com Portugal, apenas quer saber dele próprio e da sua sede de poder. Bastou ver a expressão da sua faxe durante estes dois dias, como quem nem sequer estava a ouvir o que diziam e que ia pensando, falem falem, mas quem vai ser primeiro ministro sou eu...

Fico com pena que esta esquerda irresponsável derrube um governo democraticamente eleito, sem hipóteses sequer de governar e sem querer convocar novas eleições, tudo por um capricho de um só homem.

A Pedro Passos Coelho, uma palavra, Obrigado!

Agora para a oposição, porque também aqui se pode trabalhar para um Portugal melhor!

Passos.jpg

 Foto tirada hoje nas Galerias da AR

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

As Moções de Rejeição

por João Monge de Gouveia, em 10.11.15

Estive a ler as moções de Rejeição ao programa de governo que irão ser apresentadas pelo PS, BE e PCP. 

É engraçado verificar que começam por dizer que a direita perdeu votos, teve menos deputados que há quatro anos, mas esqeucem-se de dizer que todos, menos o BE, também assim tiveram.

Depois é ver que de facto o que está em causa é não deixar Passos Coleho governar é só isto e apenas isto.

Vou guardar estas moções, porque acho que daqui a um ano um dos partidos vai apresentar uma sob a forma de moção de censura.

Autoria e outros dados (tags, etc)

E começa

por João Monge de Gouveia, em 10.11.15

Isto é para os Portugueses verem a quem vai ficar entregue Portugal

 

" encarregados de educação das crianças que estudam no Agrupamento de Escolas de Montemor-o-Novo foram avisados esta segunda-feira de que o transporte dos alunos não estaria garantido esta terça-feira devido à utilização das viaturas municipais e das juntas de freguesia pelos funcionários que quisessem participar na manifestação promovida pela CGTP, esta tarde, à porta do Parlamento, a favor do Governo de Esquerda."

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ainda nem tomaram posse e já começa

por João Monge de Gouveia, em 09.11.15

Ainda só foi anunciado o acordo entre a esquerda e os juros da divida dispararam 20 pontos como se pode ler aqui.

É engraçado, sem graça nenhuma, que quando se pensava que o PSD e o CDS iam formar governo os juros baixaram desde que começou esta trapalhada provocada pelo Costa os juros subiram mais de 40 pontos e a bolsa encontra-se a descer mais de 1.8 pontos.

Mas o pior é que a bloomberg e outras agencias financeiras têm noticiado o risco de reversão no corte da despesa pública, isto é, mais despesa menos receita.

Obrigado ao Costa pelo trabalho que está a fazer.

Autoria e outros dados (tags, etc)


"Aqui importa-se tudo. Leis, ideias, filosofias, teorias, assuntos, estéticas, ciências, estilo, modas, maneiras, pilhérias, tudo vem em caixotes pelo paquete. A civilização custa-nos caríssimo, com os direitos de Alfândega: e é em segunda mão, não foi feita para nós, fica-nos curta nas mangas..."
Eça de Queiroz, in Os Maias




Comentários recentes

  • Swonkie

    Olá :) Enviamos um convite para o teu email. Caso ...

  • silva

    Como é possivel não cair! Se a corrupção que segun...

  • silva

    Como é possivel não cair! Se a corrupção que segun...

  • batidasfotograficas

    Para terem mais tempo para a família! Seria bom qu...

  • Tiago Sunzu

    Obrigado pelo seu comentário construtivo e com tan...




Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D






+18314 até 8.8.11 no Blogspot

subscrever feeds